O vinho



O Vinho desde tempos imemoriais que está associado à gastronomia portuguesa envolvendo engenho agrícola, marcando os usos e costumes de um povo, revelando-se na arte e na arquitetura e, vincando, de forma indelével mas sustentável a paisagem.

O reconhecimento dos vinhos portugueses tem vindo a ganhar eco fora de portas, mercê da dedicação e sensibilidade de quem os produz. As adegas reformularam-se à luz de novas regras, outras ousaram nas formas arquitetónicas, os espaços revelam a história dos locais. A paisagem de vinha ora tira o folgo a quem a contempla, ora acalma os espíritos mais inquietos.

O turista procura estes valores, aprecia o que é genuíno e é ávido de experiências marcantes em locais emblemáticos. O vinho, a vinha e a cultura vínica podem afirmar-se sustentando a procura turística, reforçando a atratividade do território e valorizando outras propostas de visitação turística.

Este património é vasto e distribuído de norte a sul de Portugal. As unidades de enoturismo parceiras da Ementa de Portugal, são parte desse património, destacando-se pelas várias atividades associadas ao vinho, os espaços e serviços suscetíveis de serem utilizados para a realização de um vasto leque de eventos e iniciativas turísticas e o alojamento próprio.

O Vinho é uma bebida que apela ao prazer. O prazer de o apreciar, de sentir o seu aroma, de o beber, mas também de o criar, de o produzir, no complexo e demorado processo que começa na vinha e termina no copo.